Antes sonsa, agora Sansa (assim como todas nós)

24.6.16

Quem me conhece sabe o quanto sou apaixonada por Game Of Thrones. Todo #dominGOT é dia de emoção e de se surpreender ainda mais com cada personagem da série mais fantástica dos Sete Reinos. Para quem também é fã e está acompanhado a Season 6, deve ter percebido logo nos primeiros episódios o quanto Sansa Stark está mudada. É sobre a nova girl power da série que vim falar hoje. 

Se você não assiste GOT e não faz ideia de quem é a Sansa, deixa eu te explicar. A série é medieval, Sansa era filha de um Lord e uma Lady topíssimos do norte e como era de costume naquela época, as mulheres deveriam ser prendadas, o que envolve sutileza, ar de nobreza, boa postura, falar bem, simpatia (ainda que forçada), saber bordar, cuidar da casa, estar sempre com belos vestidos e uma trança bem feita, sonhar com um bom marido para quem ela seria submissa e filhos. Homens. Sim, essa era Sansa Stark. Não a chamávamos de "sonsa" a toa. 

Falando por mim, não é que eu a odiasse, mas ela era tão fútil e alheia a realidade que eu ficava abismada. Sansa era super desagradável com sua família, mas na frente dos reis, Sansa era um amor, afinal era o sonho da vida dela casar com o príncipe Joffrey, um dos piores seres humanos da série. Mas claro, a boa moça era incapaz de enxergar isso e só pensava em ser a mãe dos filhos do futuro rei. 

O que aconteceu com a inocente Stark? Quebrou a cara. Milhões de vezes. Por ser criada tola e superficial, Sansa não percebeu nem tão cedo o quanto estava cercada de pessoas ruins e que só queriam o mal da sua casa. Depois de perder toda a sua família e sofrer nas mãos dos piores homens que alguém possa imaginar, Sansa percebeu, assim como todas nós, que esse não é um conto de fadas.

Para a alegria da humanidade, na Season 6 ela finalmente deixou de ser sonsa e agora faz jus ao nome que tem: Sansa Stark. Não é Sansa Lannister ou Sansa Bolton, afinal, como ela mesma falou, fez tudo o que precisava para sobreviver. E realmente não foi fácil. Imagino que pior que ter que suportar a dor de ver o pai ser executado na sua frente, ter sua loba abatida e perder a mãe e o irmão, é ter que conviver com a certeza de que a sua inocência teve uma parcela de culpa nisso.

O que posso dizer agora é que todas as frustrações amorosas que Sansa sofreu e toda a sina, vudu e azar que a sua família tem, serviram de lição para a jovem e a transformaram na maior girl power da série. É impossível deixar pra trás toda a dor que ela sentiu no corpo e na alma desde que saiu de Winterfell, mas agora Sansa é uma mulher forte, determinada e corajosa. Não a imagino empunhando uma espada, mas sei que isso não a assusta.
 
Escrevo esse texto/veneração sobre Sansa para dizer que ela nos representa. Eu não nasci forte, não nasci esperta, não nasci corajosa, não nasci feminista e nem nada do tipo. Acredito que você também não. Eu aprendi a ser tudo isso, se é que de fato sou. Mas deixa eu te dizer, há mais mérito em nascer sonsa e virar Sansa do que sair do berço uma Daenerys Targaryen ou Arya Stark. Francamente, ninguém nasce pronta, a vida é quem vai nos ensinando a ser cada vez melhores.

Nunca é tarde para assumirmos nossos erros e tentar consertar tudo o que fizemos. O passado de Sansa não vai voltar, o nosso também não, mas podemos fazer tudo diferente no episódio de hoje. Dá tempo de ser girl power, dá tempo de esquecer tudo que fomos obrigadas a aprender e a partir de agora sermos o que quisermos (ou o que der pra ser). Quem sabe os nossos erros sejam esquecidos ou perdoados.

Por último, quero te dizer, Sansa, que o norte se lembra. O norte se lembra de tudo o que você passou e de toda a sua dor. O norte se lembra que você não foi criada para viver o que você viveu, milady. O norte se lembra que você tem sangue Stark e que não nasceu pra dar errado. O norte agora é seu, assim como nossos corações. Sua história também é nossa: antes sonsa, agora Sansa. Ninguém pode te defender, ninguém pode defender ninguém, mas que agora saibam que não vão mais te machucar.

Que tal esses?

4 comentários

  1. Eu sempre gostei dela, principalmente depois que comecei a ler os livros. E apesar de toda essa ingenuidade, ela enfim cresceu e se tornou uma mulher forte.
    Beijos
    http://recolhendopalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Confesso que, como muitos, eu não era muito fã da Sansa lá na primeira temporada. Mas da segunda em diante, fui começando a simpatizar mais com ela, e agora não tem como não negar o crescimento que ela teve durante a história. É uma das minhas favoritas e nessa última temporada só tem sido lacre após lacre, né? Tô adorando!

    Beijos.
    Vestindo o Tédio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela sofreu tanto, não tinha como não se compadecer e agora aplaudir de pé o crescimento dela ♥

      Excluir

Google +

Facebook

Quote #1

"Devemos sempre acreditar que, por mais difícil que seja, lutar por aquilo que queremos não é perda de tempo."

- Anne Ferreira