Resenha: Extraordinário - R.J. Palacio

26.5.16

Tentando vencer a minha síndrome de não-consigo-ler-mais-nada, comecei Extraordinário, livro que ganhei de aniversário e que a tempos estava na minha listinha de desejados. Como de costume, não poderia deixar de resenhá-lo pra vocês.

Título: Extraordinário
Autor: R. J. Palacio
Páginas: 320
Ano: 2013
Classificação: ♥♥♥♥
Sinopse: "August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.
R. J. Palacio criou uma história edificante, repleta de amor e esperança, em que um grupo de pessoas luta para espalhar compaixão, aceitação e gentileza. Narrado da perspectiva de Auggie e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade. Um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo, que vai tocar todo o tipo de leitor."


Quando li a sinopse do livro, já imaginava que aquela era uma história escrita para surpreender, desconstruir e cativar. Imaginei também que ela seria um pouco carregada, talvez forte de mais. A minha primeira expectativa estava correta, a segunda, nem tanto.

Extraordinário é um livro super leve e escrito com muita sutileza. Embora a história seja narrada por vários personagens, todos eles, de certa forma, são muito doces e ingênuos em seus sentimentos e estão aprendendo tantas coisas com o Auggie no mesmo instante que nós. Leitor e personagem vai aprendendo junto, sabe?

Por falar nele. Auggie é o nosso personagem principal, um garotinho adorável, divertido e aparentemente normal, se não fosse uma deformação genética no seu rosto que lhe faz parecer um "monstro".

August achava que já havia se acostumado com todos os olhares tortos, a cara de espanto e o medo das pessoas que olhavam pra ele. Cresceu em um lar cheio de amor, por isso não se importava tanto com o impacto da sua aparência e achava ser uma garoto comum, igual a todos os outros da sua idade. Mas isso foi até começar a estudar em uma escola de verdade, depois de ter passado a vida toda estudando em casa com a sua mãe. 

De uma forma muito repentina e cruel, Auggie percebe que as crianças não são tão boas assim, na verdade, elas são bem cruéis com ele. Mas, para nossa sorte, Summer existe para trazer um pouco de bondade para o mundo, assim como Via, Miranda e Jack. Afinal, até onde a aparência pode dizer tudo sobre uma pessoa, não é mesmo? 

Depois de se decepcionar, sofrer muito e chorar, Auggie consegue mostrar para todo a sua turma do quinto ano a nobreza que existe em seu coração e dá uma grande tapa na cara do preconceito mostrando o quanto a sua bondade é superior a qualquer coisa. O mais incrível de tudo isso é a sensação que eu tenho que ele nem imaginava estar transformando as pessoas, sabe? Ele só continuou sendo ele mesmo e quando se deu conta, era imensamente amado e admirado por todos. 
"Você é mesmo extraordinário, Auggie. Você é extraodinário."

 Acho que até uma criança de 10 anos entenderia a mensagem desse livro, ela é muito clara. As pessoas são muito além do que aparentam ser, por trás da nossa casca há uma grande história, umas mais sublime que outras, sem dúvida, mas com certeza devem importar mais do que o nosso rosto ou o nosso corpo. Agora a meta é ler Auggie e Eu e 365 dias extraordinários!

Estou tão ansiosa para o filme, quero que meus primos pequenos assistam, sabe? Essa é uma história com valores que devem ser ensinados a todas as gerações, porque tem muita gente esquecendo deles por aí. Mas enquanto o filme não sai, deixo aqui a minha sincera recomendação do livro Extraordinário.

Alguém aí já leu? O que acharam da história? Comentem tudo aqui embaixo. Espero que tenham gostado da resenha. Beijos!

Que tal esses?

8 comentários

  1. Olá!
    Eu já li Extraordinário e é um livro fantástico! A mensagem que ele passa é algo genial. E eu também estou ansiosa para o filme, ainda mais que foi confirmado que aquele menininho de "O Quarto de Jack", vai fazer, acho ele um fofo e manda muito bem =)

    Beijos || Quebrar o Silêncio

    ResponderExcluir
  2. Esse livro sempre me encantou e agora mais ainda. Amei a resenha.

    Bjos e bom final de semana,
    Blog: DMulheres
    Instagram : @dmulheres

    ResponderExcluir
  3. Extraordinário além de ser um livro muito interessante, ficou marcado em mim, no meu aniversário de 13 anos ganhei de presente surpresa das minhas amigas (elas fizeram festinha, cartas, foi um amor).

    http://whoisllara.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehein, que fofo. Acho que elas quiseram dizer que você é extraordinária

      Excluir
  4. Confesso que comprei esse livro pela capa, mas achei maravilhoso! =)
    Mudou muitas perspectivas minhas.

    Chiquereza

    ResponderExcluir

Google +

Facebook

Quote #1

"Devemos sempre acreditar que, por mais difícil que seja, lutar por aquilo que queremos não é perda de tempo."

- Anne Ferreira