Lista de mudanças necessárias para 2016

3.1.16

Chega de metas. Ano passado tracei cinco milhões de metas para serem cumpridas e não lembro nem quais foram, logo, imagina-se que não cumpri nenhuma. Confesso que sou péssima em realizar as coisas, sou uma pessoa que vive no plano das ideias e dele não saio. Então, depois de ter ficado meio bad com o meu fracasso, resolvi não colocar metas (Dilma e sua filosofia já conhecida me inspirou muito).

Esse ano estou apostando em falar menos e fazer mais e para isso eu estou precisando passar por várias mudanças de personalidade, pensamento e comportamento. Depois de descobrir essas coisinhas simples, percebi que posso conquistar várias coisas e cumprir várias metas, como a maioria prefere chamar. Se você também espera conquistar muitas coisas em 2016, acompanhe a minha lista de mudanças necessárias para 2016.

Descobrir quem você é
Antes de mais nada é essencial sabermos quem somos, conhecermos nossas habilidades, fraquezas, ponto forte, limites... Só assim conseguimos encontrar nosso lugar no mundo ou pelo menos, descobrir o melhor caminho para chegar até lá. Detalhe: essa descoberta não precisa ser absoluta e imutável e dificilmente será, mas pelo menos por hora, você precisa saber quem é.

Defina suas prioridades
Depois de definir quem você é, é essencial pensar em suas prioridades. Pra falar a verdade, depois que conseguimos o primeiro item dessa lista o segundo fica bem mais fácil. Depois que nos conhecemos descobrimos de cara aquilo que é indispensável para nossa vida e aquilo que pode esperar um pouquinho mais ou até mesmo ser deixado para trás. Posso garantir que é muito bom ter a certeza daquilo que se quer ou não.

Esquecer quem te fez mal
Sabe aquela mágoa antiga, aquela chaga que as pessoas insistem em lembrar, aquela pessoa por quem você nutre uma decepção, tristeza e quem sabe até rancor? Esqueça! Não faz bem a ninguém carregar peso em excesso, principalmente se o peso for desnecessário e que causa dor. Nesse ano novo, prepare-se para se despedir de tudo aquilo que te puxa para baixo e te faz mal.

Correr riscos sem medo
Sabe aquele ditado que diz que quem arrisca não petisca? Tente colocá-lo em prática. Sei bem a porção de coisas que deixamos passar por medo de arriscar e não conseguir. O que posso dizer sobre isso é que se você não correr esse risco, jamais saberá o resultado.

Encontrar novas sensações
A minha grande aposta para 2016 está em me abrir para a vida, para as possibilidades, os riscos (como já falei) e descobrir pessoas e sensações novas. Quando nos entregamos para vida e aceitamos seus termos de uso, ela nos devolve coisas boas e muita experiência. Chega uma fase da vida que parece que estamos fazendo a mesma coisa desde que nascemos, não é? Esse é o ano para fazer algo totalmente diferente.

As chances de alcançar essas mudanças se renovam a cada dia e ainda temos 362 para tentar. Duvido muito que seja fácil, mas conto com vocês para tentarmos isso juntas. Desejo a todas um próspero 2016, cheio de conquistas e alegrias. Beijos!

Follow my blog with Bloglovin

Que tal esses?

10 comentários

  1. É muito importante quando paramos de nos cobrar tanto, e passamos a fazer as coisas que estão ao nosso alcance, dando o seu melhor e sabendo que conseguiu fazer aquilo que precisava. Também deixei as metas de lado esse ano, e me senti um tanto livre sabendo que tenho milhares de oportunidades pela frente ♥ Adorei o post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que as portas dessas oportunidades se abram pra você. Beijos!

      Excluir
  2. São coisas essenciais para começar o ano e que devemos por em prática. O que mais preciso é se arriscar mais (o que não fiz nos tempos passados) e super concordo com você temos que arriscar, é arrisca ou perde oportunidade. Adoooorei o post, é muito útil pra muita gente

    Beijos <3
    quietlypink.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Tava precisando de algo assim. Sempre falo que vou focar em mim. Que vou descobrir o que eu realmente quero, mas acabo me perdendo no meio de tanta cobrança. Adorei o post, me incentivou a colocar meus próprios objetivos e focar no que me faz bem.
    Beijos.

    http://www.putzisah.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo bem isso de cobrança Isah, mas não tem jeito, uma hora ou outra temos que nos decidir sobre quem somos e o que realmente queremos. Boa sorte!

      Excluir
  4. Adorei as mudanças, Juli. Acho que preciso de algumas delas na minha vida, principalmente, tirar os pesos desnecessários. Beijos :*

    ResponderExcluir
  5. Acho que "esquecer quem te faz mal" pra mim é o ponto mais importante pra 2016 e pro resto da vida. Tô pra ver pessoa mais rancorosa que eu! Comecei ano passado a realmente excluir pessoas tóxicas da minha vida e garantir que elas não me sugassem mais, mas dá trabalho e é um processo bem demorado! Felizmente, o benefício é garantido, e depois de um tempo você percebe que há meses tal pessoa nem te cruza o pensamento.

    Sentimentaligrafia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Marcela, não é nada legal carregar rancor para cima e para baixo. Espero mesmo que você se livre de todas essas pessoas que te fizeram mal. Beijos!

      Excluir

Google +

Facebook

Quote #1

"Devemos sempre acreditar que, por mais difícil que seja, lutar por aquilo que queremos não é perda de tempo."

- Anne Ferreira