Dica de filme: As Cinco Pessoas Que Você Encontra No Céu

5.1.16

Uma surpresa muito agradável me aconteceu nesse final de ano. Minha tia é uma pessoa viciada em filmes, você pode falar qualquer título e eu tenho certeza que ela já assistiu, daí, na noite de réveillon ela veio para a festa na minha casa e me trouxe uma sacola cheia de filmes que ela já assistiu muito. Quando eu falo "cheia de filmes" eu não estou exagerando, deve ter uns cem nessa sacola. Sabe o que isso significa? Vai ter muito post com indicações. 

Sinopse:Eddie (o ganhador do Oscar John Voight) era um jovem que cresceu em meio a guerras, trabalho árduo e uma educação rígida. No dia em que completa 83 anos, ele sofre um acidente no parque de diversões onde trabalhou a vida inteira. Quando ele dá por si, tudo o que ele sente é que passou uma vida sem propósito, sem rumo... E o que se sucede é uma revisitação de sua vida por 5 pessoas, umas que ele conhece, outras que ele não tinha a menor ideia de quem eram, mas cujas vidas estavam de alguma forma ligadas à dele. Cada uma dessas pessoas revê com Eddie uma passagem de sua vida, resolvendo antigos mistérios, dissolvendo antigas mágoas, revivendo antigos amores. A cada experiência fica mais claro a grande importância de Eddie na vida de milhares de pessoas sem que ele se desse conta, provando que cada vida está ligada a outra de formas que muitas vezes não entendemos.

Eddie foi um jovem americano que passou sua vida inteira batendo de frente com seu pai, um homem rigoroso responsável pela manutenção do parque de diversão Ruby Pier. O rapaz, como todos de sua idade, precisou se alistar ao exército e lutar na guerra, deixando de lado o seu emprego junto ao pai, o amor de uma mulher e o sonho de se tornar engenheiro. Como já estamos acostumados a saber, a guerra destrói muito das pessoas e ao voltar pra casa, com a perna ferida comprometendo seu andar, Eddie perde toda a esperança na vida. 

Depois da morte do seu pai, ele assumiu o posto da manutenção do parque, onde passou a vida inteira concertando brinquedos e infeliz com tudo que viveu. Para Eddie, sua vida não valia de nada: nunca realizou seu sonho, perdeu sua esposa ainda jovem e vivera trancafiado naquele parque assim como seu pai. No seu aniversário de 83 anos, Eddie "Manutenção" sofre um acidente com um dos brinquedos e morre tentando salvar a vida de uma menininha.

O que acontece depois que fechamos os olhos pela última vez é um mistério, mas Eddie ao chegar no céu, encontrou cinco pessoas, conhecidas e desconhecidas, que vão lhe explicar a razão de tudo que ele viveu até o dia de sua morte.

Eddie descobre que muitas pessoas precisaram morrer para que ele vivesse, conheceu a verdade por trás de grandes desentendimentos, perdoou seu pai, reparou seus erros e finalmente compreendeu que toda vida, inclusive a dele, é muito importante para centenas de pessoas e embora muitas situações passem longe do nosso entendimento e nos cause dor e sofrimento, ela aconteceu para que a sua história e a de várias outras pessoas se unissem e fizessem sentido.

A história é linda e não sai da minha cabeça. A cada nova pessoa que Eddie encontrava no céu, algo magnífico sobre a sua vida era revelado. Sabe, tudo que fazemos, ganhamos ou perdemos encobre um significado maior sobre a nossa vida e cada detalhe de nossa história é crucial para a história de dezenas de pessoas, quem sabe até crucial para a história do mundo.  As cinco pessoas mostraram a Eddie e a mim que o trabalho que fazemos, por mais simples e discreto que possa ser, significa muito para a ordem das coisas e que nada, nada mesmo é vivido em vão. 

"E nesta fila um velho de suíças, com um boné de pano e um nariz adunco, esperava, num lugar chamado Concha Acústica Chão de Estrelas, para partilhar a sua parte do segredo do céu: que cada vida afeta a outra, e a outra afeta a seguinte, e que o mundo está cheio de histórias, mas todas as histórias são uma só."

Ah, e para saber se o nosso querido Eddie "Manutenção" conseguiu salvar a vida da menininha, você precisa assistir o filme. Me contem aqui embaixo o que acharam da minha indicação, se já conheciam esse filme e se já estão curiosos para assistir. Beijos!

Que tal esses?

1 comentários

  1. Adorei a indicação,achei a história super diferente! Realmente estamos ligados uns aos outros, afinal somos filhos do mesmo pai. mil beijooos..

    ResponderExcluir

Google +

Facebook

Quote #1

"Devemos sempre acreditar que, por mais difícil que seja, lutar por aquilo que queremos não é perda de tempo."

- Anne Ferreira