A liberdade de ficar dias sem o whatsapp

12.12.15

Nessas últimas semanas antes de fazer as prova finais e concluir o período, tomei uma grande decisão capaz de mudar a minha vida: eu iria desinstalar o whatsapp. Para algumas pessoas isso pode parecer loucura, suicídio, algo impossível que me levaria a óbito. Anos atrás um incidente me fez desinstalar o whatsapp por mais ou menos 15 minutos e confesso que eu surtei total e realmente achei isso. Nada como uma dose de maturidade e uma dúzia de grupos lotados de mensagens para me fazer mudar de ideia.

Na verdade, eu já pensava em fazer isso a muito tempo, mas eu tenho algumas obrigações que me vinculam a alguns grupos e eu simplesmente não poderia excluir o aplicativo e tchau, sabe? Mas fui ficando tão sobrecarregada de mensagens, de conversas que gastavam meu tempo, interrompiam meus lazeres, meus estudos, minha relação social concreta que chegou um momento que eu olhei pra o meu celular apitando sem parar e simplesmente não aguentei mais. Gente, que alívio.

Uma das coisas que mais me tranquilizarem foi justamente não sentir falta do app. Claro, fiquei um pouco desatualizada sobre o que acontecia na faculdade, na família, com minhas amigas, na igreja e etc, mas não fiquei me culpando por "estar por fora", sabe? 1% das conversas eram informações importantes, o resto era conversa fora que também não faz mal a ninguém, mas como eu já falei, estava me martirizando, me prendendo e me privando de diversas coisas

Whatsapp, eu não sou sua escrava!
Não contei quantos dias passei sem o aplicativo, porque eu não estava me desafiando ou lutando comigo mesma, apenas estipulei que ficaria sem o whatsapp até acabarem as provas, porque essa era a minha maior necessidade: ter tranquilidade para estudar. Foi bom notar que isso não causou estragos na minha vida, não tive recaídas e nem me preocupava com o que acontecia nos grupos quando eu não estava, sabe? Claro que dá uma pequena saudade das conversas descontraídas e das risadas, mas isso passa. Foram dias maravilhosos sem um número enorme de mensagens para serem lidas e consumirem a memória do meu celular. Liberdade de verdade! 

Sem medidas radicais, saio quando quero e volto quando quero
Não acho que vale a pena fazer dessa experiência um desafio, sabe? Acho que quando você toma por esse lado, os dias passam com a sensação de "Ai meu Deus, um dia a menos pra ter o wpp de volta. Falta pouco!", quando na verdade o sentimento deve ser de "Mais um sem wpp!". Percebi que você não pode se forçar a isso. Se o whatsapp é sua ferramenta de trabalho, se realmente não dá pra ficar sem ele, não há muito o que fazer. Mas se você pode utilizar outros meios mais rápidos, práticos e sem distrações, porque não tentar? Como já falei, é uma questão de escolha e não de imposição. Por mais viciado que alguém seja, sempre vai chegar aquela fase de liberdade que você entra e sai do whatsapp sem dores e sofrimento.

Depois que vivi essa odisseia, fiquei imaginando a quantidade de pessoas que não conseguem se enxergar nessa situação. Minha irmã, por exemplo, é uma dessas pessoas que não larga o whatsapp pra nada e certamente não conseguiria viver um dia sem ele. Também já fui assim e felizmente tenho a perspectiva otimista que todos os usuários evoluam e descubram que da sim pra viver sem whatsapp. As redes sociais e de comunicação não foram criadas para dominarem nossas vidas. Acelerar a troca de informações, conversas instantâneas, compartilhar momentos e várias outras coisas fazem parte do lado positivo da tecnologia do século XXI, mas esses benefícios vão por água a baixo quando se vive submisso a eles. 

Por fim, quero incentivar a você, pessoinha viciada, a ir alimentando cada dia menos o seu vício até você chegar a esse nível de liberdade. Nem precisa agradecer, é só comentar aqui embaixo o que acharam e trocarmos um pouco de experiência. Beijos!

Que tal esses?

22 comentários

  1. Menina, eu mudei muito esse nao. Ficava o dia inteiro checando twitter e whatsapp e respondia todo mundo na hora. Ai o que eu tive que fazer? Entrar na minha cabeça que eu não tenho que responder ninguém. Eu vejo notificação e deixo la por horas, mesmo que eu não esteja ocupada. Não gosto mais de perder tempo conversando, fofocando. Eu me perco mesmo é no bgs do facebook (mas eu so fico na parte onde to aprendendo, quando tem fofoca demais eu saio de lá). É muito gostoso se desprender disso e saber que não é uma obrigação. Entro no whats pra responder irmao, namorado (ele passa mais tempo do meu lado do que no whats entao é sussa) e ver grupo da faculdade as vezes. Meus grupos são todos mutados e eu não chamo ninguém pra conversar, geral me xinga, falam que esqueci todo mundo. Eu não esqueci cara, só to fazendo algo mais util que fofocar.
    ps: o não perturbe do celular é vida
    http://www.atravesdalinha.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Passei por essa mesma mudança e também tirei a prioridade dessas redes sociais e silenciei os meus grupos por um ano hahaha

      Excluir
  2. Oi, tudo bom?
    Isso é muito bom, sério. Ficar sem internet é ótimo, principalmente no celular. Não digo para sempre, nem por dias a fio, mas simplesmente por algumas horas ou por uma tarde. Quando parei de colocar crédito no celular e ainda não tinha wifi em casa, aprendi uma coisa muito legal: eu tenho família haha sentei, conversei, tomei um chimarrão, VIVI. Hoje passo bem menos tempo na internet, no face, no whats do que passava antes dessa experiência. Aliás, experiência essa que indico pra todo mundo! Menina, esse seu post precisa ser visto! <3 beijo
    http://atrasdodiploma.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, dizem que a internet aproxima as pessoas, mas só a vejo afastar. Tão bom sentar e conversar pessoalmente sem preocupação com grupos no wpp, fotos no instagram e todas essas coisas.
      Obrigada pelo carinho!

      Excluir
  3. Eu não consigo me desfazer do whatsapp de jeito nenhum (rsrs),é o meio que eu tenho de me comunicar com os meus amigos.Mas confesso que nao tenho paciência pra grupos de whatsapp,já tentei,mais acabei desitindo,o celular fica cheio de notificações,e quando vc vai ver não é nada importante,é só mensagem de grupo
    http://brunadianaoficial.blogspot.com.br/2015/12/meu-novo-livro-foi-lancado.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem grupo que realmente acontece isso,outros são mais tranquilos. Apesar de tudo, prefiro os grupos porque falo de uma vez pra todo mundo.

      Excluir
  4. Acho que a gente acaba amadurecendo quanto a isso, né? Talvez há um ano atrás eu surtaria completamente, ia ficar pensando "mas eles vão esquecer de mim", mas então você se dá conta de que não é bem por aí. Não somos escravas do celular nem de aplicativo nenhum, isso é fato. É apenas uma prática de desapego mental ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também pensava o mesmo a um ano atrás e achava que deveria tá por dentro de tudo. Como você disse, não é bem por aí.

      Excluir
  5. Achei muito lindo teu desapego, só que tem aquela pessoa que eu converso todos os dias o dia todo e é meio difícil, sabe? Boa sorte, você vai longe ;)

    irianneveloso.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nessa situação fica complicado mesmo :/
      Obrigada querida!

      Excluir
  6. Fiquei sem celular seis meses, primeiro porque ele quebrou e não tinha dinheiro pra comprar de imediato, e depois percebi que ele não estava me fazendo falta realmente, na primeira semana achei que iria enlouquecer, mas depois percebi que não tinha o porque de sentir falta de algo tão irrelevante. E apesar das pessoas acharem que fiquei sem contato algum muito pelo contrario, os amigos de verdade arranjaram outras formas de manter o contato, e isso também me mostrou que quando é verdadeiro não tem desculpas.
    Que você também se "libertou" e mostrou quem é que manda Ju.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah isso é bem importante, quem quer arruma uma jeito de falar com vocês com ou sem celular. Beijos!

      Excluir
  7. Eu já fiz uma quaresma de Wpp porque sou muito viciada, só no domingo (dia do Senhor) que eu mexia. Foi difícil, mas você disse o certo, o sentimento é liberdade mesmo. Não tem aquela preocupação insistente, e se tem algo que te prendia ali, alguém que você ficava esperando chamar (mesmo sabendo que não aconteceria), é maravilhoso hahaha eu estou há meses esperando pelos próximos dias onde não vou ter nada "importante" e vou poder dar uma desconectada. Pra mim é ótimo pra minha vida de oração também, porque às vezes tirar um tempo pra Deus é um sacrifício, sem perceber tô ali vendo as notificações enquanto devia estar concentrada... não vejo a hora de poder dar essa desligada de novo! Antigamente eu passava as quartas e sextas (dias de jejum impostos pela Igreja) sem usar o celular (a não ser pra ver a hora, despertador e tal) e me fazia muito bem! Vou tentar voltar logo. Um beijo, Ju <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca tenho ideia do que não fazer na quaresma, ai sempre coloco algo mais ou menos tipo não beber guaraná, mas eu quase não bebo. Acho que vou apostar nisso de ficar sem wpp também.

      Excluir
  8. Realmente, muita gente está viciada... Acho que é uma ótima experiência a se passar. Eu mesma, não o desinstalei, mas eu olho poucas vezes ao dia, mais para ver se alguém da faculdade tem alguma novidade de notas, ou de assuntos acadêmicos mesmo. Dos grupos, não deixei nenhum, justamente porque me incomodavam. Foi um grande avanço...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que você não é viciada, é muito melhor quando o wpp é só uma ferramenta para facilitar a vida da gente ao invés de escravizar :D

      Excluir
  9. Adoro quando vejo uma opinião sensata sobre o assunto! Normalmente as pessoas são extremas: ou odeiam ou são viciadas. Esse é o grande problema. Eu, particularmente, consigo ter uma relação saudável com o celular, sendo que TODOS os meus grupos são silenciados, e eu vejo somente uma vez ao dia! Também evito longas conversas no aplicativo, afinal, essas são para ser feitas pessoalmente, não é mesmo? Beijos!
    Blog Vintee5 | Canal Vintee5

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada de extremismos aqui hahaha Também acho que contar uma coisa pelo wpp não é o mesmo que falar pessoalmente :(

      Excluir
  10. Pois é, flor... Eu não chego a ser viciada. Recentemente tive um problema com meu celular e precisei desinstalar meu wpp por uns minutos, e confesso que entrei em pânico sim, mas porque eu estava falando com pessoas no momento e no caso, precisei formatar meu celular e nesse tempo ficaria incomunicável com todos. Bem, o caso é que eu só preciso de wpp para falar com minha família que não mora na mesma cidade que eu, e por vezes, estamos tão ocupados com alguma tarefa ou no meio de uma aula, que não dá pra ficar atendendo aquele telefonema... Aí tudo se torna mais prático :) Fora isso, não vejo muita necessidade.... A disponibilização de ligação por internet é algo muito legal quando se é estudante (lê-se quase mendigo então, né?!) e quando se mora em áreas com DDD diferente das pessoas que tu ama. Ainda assim, o pessoal que tá bagunçando os cabelos pra burlar o sistema porque não consegue viver as 48 horas sem wpp, acho totalmente desnecessário. Quem conversa pela internet pode achar outros meios, menos práticos, mas eles existem em casos de urgência... Eu não vou baixar app nenhum pra desbloquear, porque sinceramente, o que são 48 horas sem wpp? Não mata ninguém!!
    Na verdade, que ótima oportunidade pra gente falar cara a cara com as pessoas que se dão conosco, pra trazer e volta aqueles velhos costumes que foram se perdendo, e também pra gente se colocar mais perto de Deus!

    Papai do Céu abençoe, florzinha! Tenha um ótimo dia! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, minha amiga ficou louca nessas 48h de wpp! Ela e um monte de gente, na verdade. Meu Deus, não vi necessidade para tanto drama aff

      Excluir
  11. Nossa eu sou 0% viciada em Whatsapp! Em todos os grupos que estou eu sou sempre a visitante! hahahaha Aquela que olha as mensagens uma semana depois ou nem olha! Só respondo rápido mesmo quando é algum assunto importante de verdade. Mas essa não é mesmo uma forma de contato rápido comigo! Primeiro que meu celular não aguenta e trava super, então não fico perdendo tempo com essas coisas. Prefiro dar prioridade à coisas mais importantes e uso somente quando preciso de verdade.
    Achei muito engraçado nesse dia que o aplicativo foi bloqueado as pessoas se desesperando, baixando outros aplicativos, encontraram até uma forma de desbloquear! Cara, pra mim eu passaria dias e dias sem ele super de boa!

    Beijinhos :)
    Bru Santos ❤
    www.queseame.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom esse desapego total. Nota 10 para o ser humano que você é hahaha

      Excluir

Google +

Facebook

Quote #1

"Devemos sempre acreditar que, por mais difícil que seja, lutar por aquilo que queremos não é perda de tempo."

- Anne Ferreira