Desabrochou

20.10.15

Ela nasceu no outono, quando todas as folhas caem e a árvore se faz nova, mas sempre gostou da primavera. Reconhece que mudanças e podagens são sempre necessárias, mas a fase que ela mais gosta nesse ciclo natural da vida, é a de florescer. Se imagina como um campo aberto e infinito, recheado de flores das mais bela espécies exalando o mais agradável dos perfumes. 

A cada estação ela poderia ser uma flor nova. Foi girassol por muito tempo, mas descobriu que ele significa falsa riqueza e abriu mão de vez, estava cansada de tudo que não fosse verdadeiro para a alma. Já foi Açucena, mas essa significa orgulho e disso ela também cansou. Um nome tão bonito para um sentimento tão feio. Depois tentou ser um Jacinto-dos-campos que significa constância, mas um dia acordou cansada de ser a mesma de sempre. Passou pelo coração inexperiente no amor das rosas brancas, a apatia das hortênsias e pela sensibilidade das mimosas. Dessa vez, ela vai ser lírio-do-vale. 

Desenterrou as sementes da raiva, da tristeza e do desafeto, esqueceu, propositalmente, de regar o orgulho e a insegurança e se negou a colher os frutos das mágoas que um dia plantou. Vai agora buscar um terreno arado, solo fértil e livre de pestes para firmar raizes. A menina flor vai ser lírio, nasceu pra isso. Majestosamente ela semeia amor, carinho, compreensão e esperança e pede para que o sol brilhe por toda sua platanção. De todas as dezoito primeveras, ela sente que agora acertou a sua flor. Lírio-do-vale, retorno da felicidade.

Desabrochou.
E não murchou nunca mais.
Foi (r)indo exalar seu cheiro por aí.

Que tal esses?

12 comentários

  1. Passando para dar um oi...
    Bj e fk c Deus
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Caraca, Ju... se superou!
    Parece um daqueles textos que a gente vê em livros escolares, de autores famosos e idolatrados. Porque realmente está muito bom!
    A cada fase trocando as pétalas, se redescobrindo e, quando vai ver, já é uma flor totalmente diferente da que um dia já foi.
    Um beijo <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Nath, que lindo! Fico muito lisonjeda com esse carinho, esse texto é bem especial pra mim ♥ Beijos!

      Excluir
  3. Ju que coisa linda?
    Que texto foi esse moça?
    Consegui sentir até o cheiro das pétalas que foi caindo uma a uma no chão para ela então se tornar flor de novo.
    Um beijo com cheiro de margarida. ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaawn. Obrigada, Cami! Que bom que consegui transmitir a sensação de ser uma nova flor ♥

      Excluir
  4. Nossa que texto lindo, adorei tipo muuuuuito! Você escreve tão bem, se tivesse 10 páginas ainda sobre esse texto eu com certeza prepararia um chá e tomaria lendo, perfeito, parabéns <3

    Ficando Sozinho <3 <3 Igo Lucas *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, muito obrigada! Fiquei bem feliz com seu comentário :D

      Excluir
  5. Ai ju, queria escrever como você. Meu português é péssssiimo, jamais conseguiria escrever algo tão bom hahah ):

    Beijos, Love is Colorful

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ba, não pense assim! Ninguém nasce sabendo, é só uma questão de prática :D
      Você consegue ♥

      Excluir
  6. Olá Juliana! Adoro seus textos! esse foi bem profundo, adorei!

    www.faseseestacoes.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz por ter gostado, Sabrina :D Beijos!

      Excluir

Google +

Facebook

Quote #1

"Devemos sempre acreditar que, por mais difícil que seja, lutar por aquilo que queremos não é perda de tempo."

- Anne Ferreira