Diário de uma universitária: Curso que dê dinheiro ou o que realizar meu sonho?

17.7.15

Estamos na metade do ano, já se passaram as inscrições para o ENEM e quando menos esperarmos já é outubro... Sabe o que isso significa? Talvez, nada, mas se você estiver em ano de vestibular isso significa muita coisa. Lembro que quando eu estava no 3 ªE.M. não acreditava como o tempo havia passado rápido, mas passa viu? Talvez por essa falta de noção e até de planejamento para o futuro a gente perde a chance de estudar mais, de se dedicar e pensar direitinho o que vamos querer para o resto das nossas vidas. 

Meus anos de vestibulares já passaram (comecei no 1ª E.M.) mas como eu ainda lembro bem a confusão e nervosismo que fica a nossa mente, resolvi começar essa série chamada Diário de uma universitária no intuito de tirar dúvidas, explicar e acalmar todas vocês que estão passando por essa fase. Não sei de quantos posts esse projeto vai viver, mas pretendo estendé-lo e abranger temas não só pré-vestibular, mas também de quando já ingressamos na faculdade.

O assunto que escolhi para abrirmos os trabalhos foi esse bem polêmico e discutido nos almoços de domingo e na roda de amigos: Curso que dê dinheiro ou o que realizar meu sonho? Realmente esse é um problema bem complicado de resolver e envolve muitas coisas, não só o presente momento da escolha, mas o futuro e quem você será nele, ou pelo menos o que quer ser. Pra ajudar vocês a tomarem essa difícil decisão elaborei algumas perguntas que vocês precisam responder para então decidir qual caminho serguir.

Seus pais vão precisar de sua ajuda?
Há dois tipos de pais: aqueles que criam os filhos e depois se viram sozinhos e os que criam os filhos e contam com a ajuda ($$$) deles para o futuro. É muito importante você descobrir o que seus pais esperam de você, se vão precisar de ajuda finaceira, se vão querer lhe manter pra sempre (isso com certeza não) e assim você terá pelo menos uma breve noção se vai precisar viver com muito ou pouco dinheiro. Na minha opinião, mesmo que os pais se recusem, é muito importante podermos dar aquele apoio financeiro no futuro, afinal, eles passaram a vida toda se esforçando pra garantir um pra nós.

O que você espera para o seu futuro?
Você se imagina aos 40 anos com muito dinheiro ou levando uma vida "confrotável"? Isso é muito importante, porque muitos acham que viagens, roupas caras e etc caem do céu e o dinheiro se divide por mitose, mas não é bem assim. Se você espera possuir muitas coisas, saiba que vai precisar suar muito pra isso, mas também se escolher levar uma vida mais simples e desprendida de bens materiais tenho certeza que você também vai ser bem feliz.

Essa carreira tem segurança no mercado de trabalho?
Vocês sabem que a situação do Brasil não é nada boa, o mercado de trabalho conta com muuitos profissionais e pouco emprego, então você precisa ser muito bom no que faz pra garantir a sua vaga. Dependendo da suas respostas nas questões anteriores, é muito importante você analisar bem o mercado de trabalho, as áreas que você pode atuar e a segurança que ele vai lhe permitir para não ter um diploma na mão e várias cartas de demissão na outra. Estabilidade é a palavra. 

Você se imagina no estilo de vida que a profissão requer?
As vezes temos muitos sonhos mas não imaginamos o tanto de coisas que eles envolvem. Você que sonha ser médico, já imagiou fazer plantão e dormir poucas horas? Você que sonha ser advogado já pensou em ser ameaçado? Seus honorários serem pagos com um bode? Você que sonha em fazer turismo já se imaginou viajando o mundo inteiro e nunca ter um lugar fixo? É muito importante analisar o que e o quanto a sua profissão requer da sua vida pessoal para depois não quebrar a cara, mas tenha certeza, se o sonho for maior nada disso importa.

Que tal unir o útil ao agradável?
Essa é sempre a melhor opção e se fizermos um esforcinho dá pra ganhar bem no emprego dos sonhos. Talvez você tenha chegado a esse post com um profissão que ganhe bem e outra que realize seu sonho, mas que tal juntar as duas coisas? Um pode ser algo fixo e a outra o hobby, ou você pode se esforçar, fazer a diferença e conseguir lucrar muito na profissão que desejar. Seu sucesso só depende de você!

Sei que o post ficou longo, mas é matéria de interesse público! Espero muuuito ter ajudado vocês e atentá-los para algumas coisas que precisam ser analisadas. Teremos mais posts dessa série em breve e vocês podem (e devem) me mandar sugestões e perguntas aqui pelos comentários ou podem mandar um email com a sua situação para podermos compartilhar nossos aprendizados. Não é para isso que servem os blogs? Ah, não esqueçam de mostrar esse post para todas as suas amigas vestibulandas. Beijos!

Que tal esses?

10 comentários

  1. Costumo sempre dizer que qualquer tipo de informação/conhecimento é bem vindo. Eu já terminei a faculdade faz dois anos e eu nem acredito que passou tão rápido assim. Ótimo post! <3
    namesmafrequencia.com.br

    ResponderExcluir
  2. Excelente post, super útil! Eu estou querendo fazer faculdade, já decidi meu curso, mas tem outros que chamam a minha atenção também. O problema é isso: ou eu escolho um curso que detesto e ganho bem garantindo emprego ou você faz o que gosta, mas não é lá essas coisas o salário.... assim fica difícil!

    www.faseseestacoes.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente isso é bem complicado, não é só aquela teoria de fazer o que gosta. Todo mundo tem conta pra pagar.

      Excluir
  3. Acho que o mais importante é fazermos aquilo que gostamos e somos felizes, porque assim iremos fazer as coisas de bom grado e felizes. :)

    http://filipa-goncalves.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem quem pense assim :)
      Cada um com sua necessidade

      Excluir
  4. Juliana
    Bom post , pois tem muita gente que não sabe que rumo seguir..
    Acho que a gente tem que fazer o que ama e não que dê dinheiro, isso será uma consequência.
    Bjokas,
    http://www.dmulheres.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Sou do grupo "é melhor fazer o que se gosta" para depois pensar em dinheiro. Pois quando voce estiver fazendo alguma materia chata ou pensar em desistir, só dinheiro não vai motivar a continuar no curso. Também é importante saber se aquilo é do momento ou se voce vai querer aquela profissao pelo resto da vida, é um boom de responsabilidade mas que a maioria tem que passar.

    www.rumorandhorror.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que a pior parte é a de se imaginar para sempre fazendo aquilo, mas nunca é tarde para começar de novo :D

      Excluir

Google +

Facebook

Quote #1

"Devemos sempre acreditar que, por mais difícil que seja, lutar por aquilo que queremos não é perda de tempo."

- Anne Ferreira