Chega de Fiu Fiu - Campanha contra o assédio sexual

11.2.15

"Ninguém deveria ter medo de caminhar pelas ruas simplesmente por ser mulher. Mas infelizmente isso é algo que acontece todos os dias. Pouco se discute e quase nada se sabe sobre o tamanho e a natureza do problema. A Chega de Fiu Fiu foi criada para lutar contra o assédio sexual em locais públicos. Mas queremos aqui também lutar contra outros tipos de violência contra a mulher." 

Descobri esse projeto através de um simples banner no blog Coisas fúteis e logo fiquei super curiosa para entender melhor do que se tratava. O Chega de fiu fiu  é uma campanha criada pelo Olga (organização dedicada a produzir discussões sobre temas femininos) que pretende combater o assédio sexual em espaços públicos. Fiquei fascinada pelo projeto e como mulher e estudante de Direito que sou, não poderia deixar minha opinião passar despercebida por esse assunto. 

Desde que o Ipea divulgou aquela pesquisa que aponta que 65% dos brasileiros acham que a mulher de roupa curta merece ser atacada, ou para melhor expressão, estuprada, venho pensando no tamanho constrangimento que eu e outras milhares de mulheres passamos todos os dias por causa de pensamentos machistas e sem fundamentos como esse. É um absurdo saber que a vítima é vista como sua própria vilã! 

O aspecto histórico dessa pesquisa é indiscutível: desde sempre somos vistas como a porta para o pecado, estamos submissas ao homem (seja o pai ou um cara desconhecido na rua), não temos vez, não temos voz e nem liberdade. Nem o Dia internacional da mulher (dia que me orgulho em ter nascido), nem essa de "poder votar" e "poder trabalhar"  me convencem que somos vistas como iguais. Isso é apenas um prêmio de consolação, algo que nos deram para esquecermos tudo que nos tiram diariamente.


Qual foi a mulher que nunca ouviu uma gracinha ao passar por um homem ou um grupo da espécie? Não há uma que escape dessa e é isso que me deixa mais intrigada. Não há um padrão sabe? Pode ser qualquer uma! Eu nunca fui um mulherão, sou baixinha, magra e exageradamente branca e nunca vou conseguir entender o porquê dos "fiu fiu" pra mim também. Não consigo nem contar o número de vezes que baixei a cabeça e apressei o passo ao passar por um grupo de homens, sem contar nas vezes que preferi atravessar a rua. Não é um elogio, é um humilhação. 

Essa de que a roupa curta dá liberdade para isso foi a pior coisa que já ouvi. Eu sou livre para me vestir da forma que eu quiser e a minha liberdade para isso não dá o direito de ninguém me desrespeitar. Não importa se estou de saia ou enrolada dos pés a cabeça, eu não mereço o "fiu fiu", o olhar de porco e nem que você se aproxime de mim. 

Não estou tampando os olhos para o fato indiscutível que algumas mulheres se vestem para chamar a atenção dos homens, "causar" e arrancar elogios por onde passam, mas poxa, se você é homem e está lendo esse texto, saiba que não é legal você sair por aí cantando todas as mulheres na esperança que uma te dê bola. Creio eu que a espécie de mulher que precisa de uma cantada barata de um ser desconhecido está em extinção. 


Sei que ainda vai levar algum tempo para que haja uma re-educação de comportamento na nossa sociedade, mas sei que usarei todas as armas que eu tiver ao meu alcance para combater essa forma de violência contra a mulher. Não sei se já posso me considerar uma feminista, mas há muitas questões femininas que precisamos (homens e mulheres) abraçar, não para assumir a briga em prol de um gênero, mas para sermos, no mínimo, racionais. O respeito e a liberdade nos são garantidos constitucionalmente, mas se precisar, lutaremos por ele.

Se você se interessou pela causa, já sofreu algum assédio ou conhece alguém que já passou por isso, acesse o site do projeto, dê seu depoimento e acompanhe pelo facebook o desenvolvimento dessa campanha. 

Que tal esses?

12 comentários

  1. Adorei o projeto, sou totalmente a favor da campanha ;)
    www.iamcamilakellen.blogspot.com
    www.facebook.com/iamcamilakellen

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yeees! Um salve para essas mulheres de atitude :D

      Excluir
  2. Achei o projeto genial, e tuas palavras expressam o que todas as mulheres pensam sobre o assunto.

    Beijos
    needfulglam.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é um projeto incrível mesmo e que bom que consegui representar nós, mulheres :)

      Excluir
  3. Suuuper bacana esse projeto, acho impossível achar uma mulher que nunca passou por esse tipo de situação! Parabéns por divulgar no seu blog :)

    http://isabellamadureira.wordpress.com

    ResponderExcluir
  4. Eu já estava preparando um post com esse assunto, na boa, isso é muito tenso e deve ser levado a sério. É realmente constrangedor e frustante. Maaaas, essa é a primeira vez que visito seu blog e meu primeiro pensamento foi "como seria estar em uma chuva de jujubas?" kkkk por 3 segundos eu fui feliz... kkkkk u.u beijãaao!!

    http://canseideserquase.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quanto mais gente falando disso melhor :D
      KKKK é maravilhoso estar numa Chuva de Jujubas <3<3
      beijão e obrigada pela sua visita, volte sempre :*

      Excluir
  5. Bem,não sou uma defensora dessa causa...Sim, realmente tem vezes que é super desconfortável a situação, porém acho que há MUITAS coisas com uma maior necessidade de campanhas.

    Inquietudes Secretas


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toda causa e campanha tem a sua importância :)

      Excluir
  6. Eu acho super válida essa causa, porque o generalismo que há dos homens cantarem qualquer mulher que passe é exorbitante. A pessoa n se sente confortável de passar numa calçada do lado de um bar, ou qualquer lugar que tenha vários homens juntos, com medo de acontecer algo. Tem aqueles que só gritam de um carro e tem aqueles q passam a mão mesmo, e que força temos p nos defender de um cara maior q nós? Temos que baixar a cabeça e aceitar p não piorar a situação. É terrível essa impotência, e só fazem quando estamos sozinha ou com outras meninas. Mas isso vem muitas vezes de berço, q aceitam as mulheres submissas. Tem um texto que eu li e gostei bastante, não sei se tu já leu, Ju, de Camila Oliveira Dias, vale a pena ler! Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é mesmo horrível, a gnt já passou por isso um monte de vezes não foi? Aff ¬¬'
      Acho que não li esse texto, me manda o links dps. Beijos :*

      Excluir

Google +

Facebook

Quote #1

"Devemos sempre acreditar que, por mais difícil que seja, lutar por aquilo que queremos não é perda de tempo."

- Anne Ferreira