moda

Tendência: Eu quero estampa Vichy em tudo!

Quem aí também quer sair vestido de toalha de piquenique? A moda sempre nos surpreende, não acham? Esse xadrezinho pequenininho era tendência nos anos 50 e agora voltou com tudo! Particularmente, amo quando o mundo fashion se reinventa e recicla itens de décadas passadas para o nosso guarda roupa.

A estampa Vichy é a cara do verão! Ela é um xadrez mais gracioso e versátil, ao contrário de outros quadriculados que só me lembram São João. Desde quadrados maiores aos pequenos, a estampa é uma gracinha e está em todos os lugares, em todas as peças e deixando tudo mais charmoso e delicado. A cartela de cores não é tão vasta, mas acredito que o "tchan" também está nisso. Preto, vermelho, rosa, azul escuro e claro são as cores que predominam nas peças.

Aproveitando que estou apaixonada por Vichy, separei algumas referências de peças e looks com essa estampa pra vocês se inspirarem e mergulharem de cabeça nessa tendência também.

Blusas
Nas blusas eu achei que a peça vai do básico ao inusitado. Na segunda foto, ela deu um ar de graciosidade em uma blusa comum e que já estamos bem acostumadas a ver, ter e usar, já nas outras duas referências ela deu um toque diferente e que combina muito com o corte e modelo das outras duas peças, coisa que, na minha opinião, não fica tão legal com outras estampas por aí.

Calças
Nas calças, a estampa Vichy deu um ar muito fashionista pra quem a usa, imprimindo a imagem de uma mulher cheia de personalidade, sofisticação e bom gosto. Tudo junto e misturado!

Conjuntinhos
Se em peças únicas a estampa causa, imagina com um conjuntinho? Estilo puro, sofisticado e ao mesmo tempo descontraído. Eu amei o segundo conjuntinho e já quero um pra mim (o mix de estampas ficou super válido).

Saias
Nas saias esses quadradinhos também ficam ótimos e inclusive combinam com recorte e babados mais diferentes, assim como nas blusas. Confesso que não ousaria vestir a saia vermelha, mas ache ela maravilhosa e ousada, já a terceira saia viralizou! Já vi muita gente usando uma dessa e também quero garantir a minha.

Vestidos
Nessa peça, a estampa Vichy me trás aquela sensação de um ambiente campal, muita natureza e claro, piquenique hahaha. Apesar disso, esse estilo vai variando muito e se adapta facilmente a qualquer acessório, mudando imediatamente para um estilo mais sofisticado ou rockinho.

Bolsas e Sapatos
Como se já não bastasse tanta lindeza em peças de roupa, as bolsas e sapatos também aderiram a moda do Vichy, e não é que ficaram uma gracinha? Apostar a estampa nessas peças é uma ótima forma de se adaptar aos poucos a essa tendência.

Nas vitrines de todas as lojas eu já encontro Vichy em tudo (ou quase tudo) e estou louquinha pra garantir pelo menos uma peça, mas confesso que o que eu mais amei foram os sapatos, achei ousadíssimo! Como já disse ali em cima, amo quando a moda se renova e dá um jeitinho de voltar com tudo e cada vez melhor.

E vocês, o que estão achando dessa nova toalha de piquenique/ Já compraram alguma peça com estampa Vichy? Gostaram do post? Comentem aqui embaixo. Beijos!
pessoal

Me perdi dentro de mim

Ultimamente tenho olhado ao meu redor e para dentro de mim e já não reconheço tudo isso que me cerca e que me preenche. Os anos foram passando e o botão do automático foi ganhando espaço na minha vida, fui perdendo aquele instinto de fazer o que realmente gosto, no tempo que eu quero e sentir alegria em tudo que eu vivo. Parece que a vida foi me massacrando, entende? Me dando escolhas entre isso e aquilo e eu não consegui bater o pé para permanecer com ambas as opções (ou com a que de fato eu gostaria de ficar).

Ainda lembro quando eu chegava em casa com um livro novo, encantada com aquele mundo que estava prestes a descobrir, embriagada com o cheiro marcado entre as páginas... Nada mais importava senão ficar o dia inteiro deitada conhecendo aquela história. A casa poderia esperar, o banho poderia esperar, a hora do sono poderia esperar.

Agora sinto que isso morreu, sabe? Já perdi as contas de quantos títulos estão esquecidos na minha estante, choramingando baixinho por nunca terem sido lidos, de quantas histórias deixei pra quando "estiver mais livre" e esse dia ainda não chegou. A faculdade, o emprego e a vida adulta como um todo não me permite aproveitar esse pequeno luxo um dia inteiro. A consciência pesa e a gente tem que escolher as prioridades e cumprir primeiro com as nossas obrigações. 

Já não posso me perder no meio de tanta literatura porque a vida não é um conto de fadas, não é um livro com um final feliz. A vida é uma pilha de leis, princípios e doutrinas que tenho que saber de cor e salteado para conseguir resolver os problemas de outras pessoas enquanto finjo que os meus não existem e não me assombram todas as noites.

Também tenho muitas lembranças do quanto eu amava escutar músicas, mas acreditam que até isso foi perdido? Aquele interesse em decorar uma música em inglês, em conhecer os lançamentos das minhas bandas favoritas, de baixar várias músicas para escutar no caminho até em casa ou na hora de lavar os pratos... Tudo isso sumiu. Perdi em alguma curva da vida que arrancou de mim esse prazer em cantar a vida, as alegrias e as tristezas dela. Não sei como, não sei o porquê. 

É por isso que todas as vezes que me olho no espelho já não me reconheço e sinto que me perdi de mim. Me perdi dentro de mim. Entre as coisas que eu queria e as que eu acreditava que precisava fazer, escolhi o caminho errado e ainda não conseguir voltar até a minha trilha. Todos aqueles pequenos prazeres foram perdendo espaço para coisas que pareciam fazer mais sentido. Mas não fazem. Ou deixaram de fazer quem me levaram a me perder dentro de mim e apagaram tudo aquilo que eu era.

E agora sigo tentando me redescobrir, esperando que quem eu sou de verdade grite meu nome.

contorno facial

Review: Paleta Play The Contour - Luisance (contorno facial em pó)

Adivinha quem está ficando empolgada em fazer maquiagens? Sim, eu mesma! Toda semana quero testar uma técnica nova, um produto novo no mercado... estou amando! Também é muito bom cuidar de si, se arrumar e se sentir bonita, né? Estou amando esse momento e dessa vez me arrisquei em fazer contorno, se estou conseguindo fazer direitinho é outra história hahahaha.

Para me arriscar nessa aventura, comprei a paleta Play The Contour da Luisance, marca que também está bombando pelo precinho amigo e produtos maravilhosos, e já posso dizer que esse conjunto de contorno em pó não me decepcionou. Vou contando minhas impressões ao longo do post, acompanhem!

A Play The Contour é uma das integrantes da linha "Play" da Luisance e conta com oito cores, sendo elas um iluminador, quatro tons para peles clara (rosado e amarelado) e três cores para peles mais escuras. O bom da paleta é que tanto eu quanto a minha irmã, que é mais moreninha, conseguimos aproveitar os tons, mas  se você tem a pele negra, não se preocupe, essa paleta que comprei é a Cor B, mas ainda tem a Cor A que se adequa melhor para esse tipo de pele.

Em linhas gerais, estou aproveitando bastante dois tons de pó, um de contorno e o iluminador (acredito que na foto dê pra perceber as cores que me refiro) e realmente o produto é excelente! Misturo o terceiro pó, tanto o da esquerda quando o da direita, faço o contorno com o marrom mais claro (as vezes arrisco os mais escuros) e passo abuso do iluminador, que foi o único que me decepcionou pois ele é muuuuito fraquinho.

Emblagem: A paleta não vem dentro de caixinha, apenas lacrada com plástico, mas a apresentação dela é muito bonita, diferente e bem funcional. Eu amei esse charme de abrir para o lado, nunca tinha visto antes.
Cor e pigmentação: Como já disse ali em cima, só o iluminador me decepcionou, passei com pincel, com o dedo, com tudo que você imaginar, mas nunca fica com um efeito glow, ou pelo menos eu nunca consigo notar. O lado bom é que uso até de dia kkkk. Quanto aos pós e aos contornos, são ótimos e até tenho que tomar cuidado pra não ficar marcada de mais. 
Durabilidade: Não sou muito boa de notar isso, não vou mentir, mas achei que durou direitinho no caminho de ida e volta à faculdade (isso dá umas cinco horas) e sem precisar usar primer na maquiagem.
Cheiro e gostinho: Vamos excluir o gostinho dessa review, né? Hahaha. Se você aproximar a paleta do seu nariz, vai sentir que tem um cheiro sutil que não é desagradável, mas passando o produto no rosto eu não sinto aroma nenhum.
Preço: Como já falei, a Luisance é uma dessas marcas do momento que estão conquistando pelo precinho acessível, coisa que a gente a-m-a. Eu comprei a minha em uma lojinha aqui da cidade chamada Cantinho das Bijoux e paguei uma média de R$ 30,00 (não lembro com precisão), mas no site da Luisance tem uma aba só de onde encontrar os produtos em lojas online e físicas.

Nessas fotos eu estava toda trabalhada no contorno, hahaha. Eu sei, não dá pra ver tão bem assim, é que ainda estou aprendendo e nesse dia eu ia tirar as fotos da formatura da minha irmã, por tentei ser cautelosa para não fazer besteira. Ainda assim, achei que funcionou.

Eu estou amando usar essas novas ferramentas (?) de maquiagem e ver o quanto os efeitos são legais, sem contar que é sempre um prazer mostrar tudo que compro e testo aqui no blog e também no stories do meu instagram. Sem dúvidas, compartilhar essas dicas com vocês é algo que me faz muito bem (o feedback me deixa bem feliz!). Pra quem me acompanha, viu que fiz review de um batom por aqui também.

Mas e aí? Vocês já testaram essa paleta de contorno? O que acharam dela? Quem ainda não testou, ficou interessado em conhecer? Por fim, não esqueçam de comentar aqui embaixo o que acharam do post. Beijos!

642 coisas

[642 coisas] Lista de coisas para fazer antes de morrer

Oi gente! Sei que estou começando a sumir novamente, mas não é de propósito, tá? Ultimamente estou tendo mias fases que a lua, rs. Para não deixar o blog parado, escrevi esse post bem levezinho, daqueles da blogsfera raiz que eu amo escrever, sobre as coisas que quero/preciso/espero fazer antes de morrer. Não é exatamente sobre traçar metas, mas esperançar pela vida a fora e ter sempre em mente aquilo que se quer viver. Consegui listar algumas coisas e espero que vocês gostem!

1. Fazer pelo menos uma tatuagem
2. Fazer um mochilão pela Europa
3. Entrar numa loja de roupa e comprar sem perguntar o preço
4. Morar fora por um tempo
5. Praticar algum esporte radical (pelo menos uma única vez)
6. Ficar muito bêbada (uma vez só, daquelas que você desiste de fazer novamente)
7. Ter um ano sabático
8. Maratonar uma série em uma dia (será que é possível?)
9. Sair sem avisar a ninguém. Várias vezes.
10. Viver um dia aleatoriamente, fazendo qualquer coisa que tiver vontade, sem planejar um roteiro
11. Ler todos os livros acumulados na minha estante
12. Tirar fotos em diversos pontos turísticos
13. Ir a um cassino em Las Vegas
14. Passar o carnaval em Recife/Olinda torcendo para voltar viva
15. Plantar uma árvore
16. Montar o meu próprio jardim
17. Nadar em uma piscina de borda infinita (acho digno)
18. Passar em um concurso público
19. Praticar algum esporte regularmente
20. Me alimentar de forma mais saudável e consciente
21. Conseguir repaginar meu guarda roupa. INTEIRO.
22. Ter um bom casamento
23. Ter três filhos
24. Viajar muito em todos os feriados e férias que existirem
25. Me preocupar menos com tudo.

Espero poder ler esse post daqui há alguns anos e ainda me enxergar nesses pequenos sonhos, mas, ao mesmo tempo espero poder mudar de ideia sobre alguma coisa (ainda não sei o quê), porque permanecer o mesmo deve ser bem chatinho. Gostei desse exercício de listar as coisas para fazer antes morrer e espero conseguir concretizar tudo isso o mais rápido possível.

Vocês pensam sobre isso? O que querem fazer antes de morrer? Gostaram da minha lista? Comentem aqui embaixo. Beijos!

Google +

Facebook

Quote #1

"Devemos sempre acreditar que, por mais difícil que seja, lutar por aquilo que queremos não é perda de tempo."

- Anne Ferreira